«Todos os Santos!…»

A celebração do dia de Todos os Santos e a das Almas são marca deste mês de novembro. Celebramos a santidade de Deus nas criaturas e celebramos todos os entes que partiram para a presença de Deus. Vinca-se assim a comunhão dos Santos neste dois dias vividos de modo intenso e como que intemporal. Dá-nos que pensar no eterno e não deixamos de repetir no Credo: «…espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há-de vir!» É a esperança na ressurreição que aviva a nossa espera e de Deus, donde tudo esperamos, pois Deus não pode enganar ou enganar-se! Basta pensar no convite de Jesus em Mt 25. 34-46: “O Rei dirá, então, aos da sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei em herança o Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, tive e destes-me!… Em verdade vos digo: Sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes.’»

Penso que dá que pensar esta passagem do Evangelho. A santidade passa pelo bem praticado ao próximo e pela união a Deus. S. João Lembra: “Quem ama permanece em Deus e pratica o bem ao seu próximo! cf. 1 Jo 4. Já diz o cântico que “A melhor oração é amar. Se não sabes amar não sabe orar!”É uma necessidade bem natural amar e sintar-se amado. Colocamos no amor e na memória de Deus os fiéis defuntos: familiares, amigos e conhecidos, que os há-de recompensar dos seus trabalhos. Logo sentirmos a necessidade de oramos uns pelos outros na intensa comunhão de Deus! Não basta colocar flores nas campas, também é bom, não basta rezar, também é importante. Perguntemo-nos como nos tratamos em vida: estimamos, ajudamos, visitamos ou esperamos que morra para dizer que era boa pessoa e até era um santo? Digam lá isso em vida. Eles não ouvem, mas Deus ouve! Que Deus nos faça amar a vida. Bom Pão por Deus.

 

ACONTECE NA PARÓQUIA DA RIBEIRA BRAVA

❶. Agenda de novembro

01.Feriado e dia santo – Todos os Santos: 8h, 10h, 17h

02.Fiéis Defuntos-Almas-Finados: 8h, 10h, 17h.

  1. 08. Bênção das Capas, Escola Pe. Manuel Álvares, 15h
  2. 09. Festa do Acolhimento do 1º Ano Catequese, 17h
  3. 10. Preparação do Crisma, 10h.

17-24: Semana da Apresentação, 20h

  1. 23. Véspera da Apresentação, 20h
  2. 24. Festa da Apresentação: Missa e Procissão da festa.

Bênção das crianças, 15h

  1. Início Novenas da Avé Maria, 20h

 

. Celebrações: Todos os santos,1 de novembro: feriado e dia santo. Missas às 8h,10h,17h. Fiéis Defuntos, 2 de novembro: Missas na intenção defuntos da paróquia: 8h,10h, 17h. Ida ao cemitério após a missa das 10h, se o tempo permitir!

. Festa do Acolhimento, 1º Ano da Catequese no sábado, dia 9 novembro, 17h. Os pais estão convidados para esta celebração.

. escuteiros do cne abriram as matrículas para crianças e jovens queiram fazer parte do movimento. Contactar com os chefes (Zé Manuel e Cláudia – fins de semana).

 .Pensamentos:

«Devemos ser santos porque Deus quer!»(Pe. Dehon)

«Sede Santos, porque Deus é Santo!» (Exôdo)

«Sede Perfeitos como é perfeito o vosso Pai Celeste!» (Jesus)

«Podemos ser santos e devemos trabalhar para chegar a sê-lo. Os santos foram mortais como nós!» (Cura de Ars)

«O Senhor Jesus, Mestre e Modelo divino de toda a perfeição, pregou a todos e a cada um dos seus discípulos, de qualquer condição que fossem, a santidade de vida, de que Ele próprio é autor e consumador (Lumen Gentium 40)

MESA DA PALAVRA – ANO C

Evangelho de Todos os Santos: Mt 5, 1-12 – Ao ver a multidão, Jesus subiu a um monte. Depois de se ter sentado, os discípulos aproximaram-se dele. 2 Então tomou a palavra e começou a ensiná-los, dizendo: 3 «Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu. 4 Felizes os que choram, porque serão consolados. 5 Felizes os mansos,  porque possuirão a terra. 6 Felizes os que têm fome e sede de justiça,  porque serão saciados. 7 Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 8 Felizes os puros de coração, porque verão a Deus. 9 Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus. 10 Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu. 11 Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa. 12 Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa no Céu; pois também assim perseguiram os profetas que vos precederam.»

 

Evangelho Fiéis Defuntos: Jo 11, 21-27 – Marta disse, então, a Jesus: «Senhor, se cá tivesses estado, o meu irmão não teria morrido. 22 Mas, ainda agora, eu sei que tudo o que pedires a Deus, Ele to concederá.» 23 Disse-lhe Jesus: «Teu irmão ressuscitará.» 24 Marta respondeu-lhe: «Eu sei que ele há-de ressuscitar na ressurreição do último dia.» 25 Disse-lhe Jesus: «Eu sou a Ressurreição e a Vida. Quem crê em mim, mesmo que tenha morrido, viverá. 26 E todo aquele que vive e crê em mim não morrerá para sempre. Crês nisto?» 27 Ela respondeu-lhe: «Sim, ó Senhor, eu creio que Tu és o Cristo, o Filho de Deus que havia de vir ao mundo.»

 

Evangelho Domingo XXXI: Lc 19, 1-10 – Tendo entrado em Jericó, Jesus atravessava a cidade. 2 Vivia ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe de cobradores de impostos. 3 Procurava ver Jesus e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura. 4 Correndo à frente, subiu a um sicómoro para o ver, porque Ele devia passar por ali. 5 Quando chegou àquele local, Jesus levantou os olhos e disse-lhe: «Zaqueu, desce depressa, pois hoje tenho de ficar em tua casa.» 6 Ele desceu imediatamente e acolheu Jesus, cheio de alegria. 7 Ao verem aquilo, murmuravam todos entre si, dizendo que tinha ido hospedar-se em casa de um pecador. 8 Zaqueu, de pé, disse ao Senhor: «Senhor, vou dar metade dos meus bens aos pobres e, se defraudei alguém em qualquer coisa, vou restituir-lhe quatro vezes mais.» 9 Jesus disse-lhe: «Hoje veio a salvação a esta casa, por este ser também filho de Abraão; 10 pois, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido.»