Festa da Primeira Comunhão e da Profissão de Fé

«Festa da 1º Comunhão e da Profissão de fé!…»

Estamos em festa da catequese neste fim de semana com a Primeira Comunhão e a Profissão de Fé das nossas crianças do 3º e do 6º ano da catequese. Tiveram um percurso de três e seis anos de preparação até este dia que é um marco para as crianças, para as famílias e para a paróquia. Agradeço desde já as catequistas que acompanharam os diversos grupos que fazem a 1ª Comunhão e a Profissão de Fé ou Comunhão Solene e bem visto, no sentido que há quem só volte para fazer esta festa, mas é sempre bom, pois é razão para dizermos que não perderam o que receberam, esperando que seja um recomeço de uma nova caminhada com os demais. Não estamos sós no caminho da fé e todos precisamos de guias.

Recordo os avós que foram ensinado os netos a rezar e vieram com eles à igreja e lhes falaram de Jesus e foram dizendo aos filhos que era preciso batizá-los e levá-los à catequese. É o costume da família e sempre fizeram assim! Recordo os pais que passam na igreja e com eles falam de Jesus e até vêm a missa e às festas da catequese e vão passando pelas outras festas paroquiais. Precisamos todos do testemunho da presença, pois da ausência, essa é fácil habituar-se como é fácil cair no facilitismo da crítica. Juntos formamos comunidade e grupo e força que embala e ampara a vida. Necessitamos voltar a sentir a “saudade de voltar a estarmos juntos, celebrar juntos e juntos “perder tempo” pois já quisemos e não podíamos. Tudo o que investimos na família nunca é demais. Investir no tempo que damos a Deus, melhora a nossa qualidade de vida. Todo ganhamos em estima e em união, pois é bom estarmos juntos: “é como o orvalho que cai do Hérmon”

Sejam estas festas um “verdadeiro orvalho” sobre as famílias e que a união destes momentos com as crianças sejam oásis de paz, alegria, bem-estar, compreensão e sobretudo viva-se a alegria das crianças. Não sejamos estorvos e empecilhos da presença de Deus nas suas vidas. Ver o entusiasmo com que vivem estas “coisas de Deus” e queira “Deus consumar o bem que nelas começou!”. Possam saborear o amor de Jesus neste início do mês do Coração de Jesus, participando nas celebrações onde vão e vejam que não estão sós nesta aventura de acreditar em Jesus. Têm muitos colegas da mesma idade. Deus seja Louvado|

 

MESA DA PALAVRA – IX DOMINGO COMUM – B.

1ª Leitura: Dt 5, 12-15 – Guarda o dia de sábado para o santificar, como te ordenou o Senhor, teu Deus. 13 Trabalharás durante seis dias e neles farás todos os teus trabalhos; 14 mas, o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus: não farás trabalho algum, nem tu, nem os teus filhos e filhas, nem o teu escravo ou escrava, nem o teu boi, o teu jumento ou qualquer outro animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas, para que o teu servo e a tua serva descansem como tu. 15 Lembra-te que foste escravo na terra do Egipto, donde o Senhor, teu Deus, te tirou com mão forte e braço estendido. Por isso te ordenou o Senhor, teu Deus, que guardasses o dia de sábado.

Salmo: Sl 80(81): Aclamai a Deus , nossa força.

2ª Leitura: 2Co 4, 6-11 – Porque o Deus que disse: das trevas brilhe a luz, foi quem brilhou nos nossos corações, para irradiar o conhecimento da glória de Deus, que resplandece na face de Cristo. 7 Trazemos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que se veja que este extraordinário poder é de Deus e não é nosso. 8 Em tudo somos atribulados, mas não esmagados; confundidos, mas não desesperados; 9 perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não aniquilados; 10 Trazemos sempre no nosso corpo a morte de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifesta no nosso corpo. 11 Estando ainda vivos, estamos continuamente expostos à morte por causa de Jesus, para que a vida de Jesus seja manifesta também na nossa carne mortal.

Evangelho: Mc 2, 23-28 –  Ora num dia de sábado, indo Jesus através das searas, os discípulos puseram-se a colher espigas pelo caminho. 24 Os fariseus diziam-lhe: «Repara! Por que fazem eles ao sábado o que não é permitido?» 25 Ele disse: «Nunca lestes o que fez David, quando teve necessidade e sentiu fome, ele e os que estavam com ele? 26 Como entrou na casa de Deus, ao tempo do Sumo Sacerdote Abiatar, e comeu os pães da oferenda, que apenas aos sacerdotes era permitido comer, e também os deu aos que estavam com ele?» 27 E disse-lhes: «O sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado. 28 O Filho do Homem até do sábado é senhor.»

 

 AGENDA PAROQUIAL DA RIBEIRA BRAVA

R MÊS de JUNHO

1 Junho – 1ª Comunhão, 17h. 42 Crianças do 3º ano catequese

2 Junho – Profissão de Fé, 12h: 48 crianças do 6º ano de catequese

7 Junho – Dia do Coração de Jesus, 8h. Dia do Clero.

8 Junho – Batismos, 16h

9 Junho – Casamento, 14h

12 Junho – Dia da Criação da Diocese do Funchal

13 Junho – Santo António, 8h

15 Junho – Caminhada – (5º ano catequese)

16 Junho –Capítulo Geral SCJ em Roma até 5 julho

24 Junho – S. João, 8h

28 Junho – Véspera S. Pedro: Romagens (14h), Barco da Achada (17h) e Charola Fajã Ribeira (19h), Novena S. Pedro, 21h, Marchas, 22h. Fogo Artifício fim Marchas

29 Junho–Festa S. Pedro,16h: Missa e Procissão. Animação Musical

  1. A festa e arraial é feito em colaboração entre paróquia e Câmara

 

  1. . ADORAR É permirtir a Deus que habite o nosso tempo” (Papa Francisco)

ATO DE LOUVOR (Bênção do Santíssimo)

Bendito seja Deus

Bendito seja o seu santo nome.

Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

Bendito seja o nome de Jesus.

Bendito seja o seu Sacratíssimo coração.

Bendito seja o seu preciosismo sangue.-

Bendito seja Jesus no Santíssimo sacramento do altar.

Bendito seja o Espírito Santo Paráclito.

Bendita seja a grande mãe de Deus, Maria santíssima.-

Bendita seja sua santa e imaculada conceição.

Bendita seja sua gloriosa assunção.

Bendito seja o nome de Maria, virgem e mãe.

Bendito seja são José, seu castíssimo esposo.

Bendito seja Deus, nos seus anjos e nos seus santos.

«A Festa do Espírito Santo!…»

Festa do Espírito santo!...» Neste domingo a Igreja celebra a festa do Pentecostes, a descida do Espírito Santo sobre a Igreja nascente, isto é, sobre os Apóstolos e a Virgem Maria reunidos nona sala do cenáculo em Jerusalém, cinquenta dias após a Ressurreição de...

read more

«Mês de Maio!…»

«Mês de Maio!...» Iniciamos o mês de maio, mês de Maria, dedicado a Nossa Senhora do Rosário de Fátima com ponto alto nos dias 12 e 13 de maio na grande peregrinação ao Santuário e como diz a canção: ‘em maio eu vou ao santuário’. Veremos muitas peregrinações que...

read more

«Os Cristãos!…»

«Os Cristãos!...» O nome de Cristãos deriva do grego “Christos” que traduz o hebraico: “Messias, ungido consagrado”. Sabemos que este nome foi dado pela primeira vez aos seguidores do Nazareno, aos do Caminho, referindo-se a Jesus de Nazaré (Act 11,26), na cidade de...

read more

«As Vocações»

« As Vocações!...» A Igreja viveu nesta semana focada no pedido de Jesus aos seus discípulos: “Pedi ao Dono da messe que mande operários para a sua messe!” Foi a semana das vocações. Fomos chamados a pensar a temática das vocações na Igreja e convidados a rezar para...

read more

As Visitas do Espírito Santo

«As Visitas do Espírito Santo!...» No Domingo passado iniciamos as visitas do Espírito Santo na paróquia da Ribeira Brava. Estas terminam no domingo do Pentecostes, este ano no dia 19 de maio. Agradeço desde já os festeiros que se disponibilizaram para esta missão de...

read more

Páscoa….!

«Páscoa!...» Estamos no Domingo de Páscoa, dia da Ressurreição de Jesus de entre os mortos. Este dia é de festa para todos os cristãos, pois foi no Domingo, o primeiro dia da semana que Jesus ressuscitou e por isso o domingo é para nós o dia de descanso, dia festivo e...

read more

Semana Santa!

«Semana Santa!...» A Semana Santa inicia-se no domingo de Ramos e termina no domingo de Páscoa. É a semana maior do ano cristão, pois nela a Igreja celebra os acontecimentos do mistério da Salvação de modo condensado. A Quaresma iniciada na 4ª feira de cinzas termina...

read more

«Festa de São Bento!...» Estamos a preparar-nos com as novenas ao longo da semana para celebrarmos a Festa de São Bento neste domingo, Padroeiro da Ribeira Brava. Em tempo de Quaresma temos esta preparação espiritual, que é o nosso retiro paroquial, guiados pelo...

read more

«Procissão dos Passos!...» A paróquia da Ribeira Brava inicia neste domingo a preparação para da festa do seu padroeiro, São Bento, com as novenas que antecedem a festa e com a Procissão dos Passos nas ruas da vila. Estamos em tempo de Quaresma e nada melhor que esta...

read more

«Tradições Quaresmais!...» As paróquias na nossa diocese vivem neste tempo quaresmal de modo intenso a Paixão do Senhor, mistério de dor e mistério de vida, doada e entregue por nós. As tradições religiosas vêm avivar e ajudar a piedade pessoal e comunitária, fazendo...

read more