Bons começos!…

Já estamos num novo ano em que continuamos a depositar, sonhos, esperanças, paz e saúde e tudo de bom! Temos de fazer por isso e tudo quanto está ao nosso alcance. Assim somos empreendedores e ativos do nosso viver, colocando a existência nas mãos de Deus.

Neste percurso temos a figura da Virgem Maria que nos abre e nos acompanha. O 1º do ano é marcado pela festa litúrgica de Santa Maria, Mãe de Deus e Dia Mundial da Paz. A Mensagem do Papa Francisco para este dia é bem sugestiva: “Diálogo entre gerações, educação e Trabalho: instrumentos para construir uma paz duradoura”. Recordemos o profeta Isaías que louva os pés do mensageiro da paz e Jesus que afirma, que é filho de Deus aquele trabalha e constrói a paz (Mt 5,9). É urgente o diálogo entre as gerações: avós, pais, filhos e netos e todas as afinidades na família. Quem perturba pergunte-se se está no lugar certo.

No 2º dia do ano temos a Epifania, o dia de Reis, dia da manifestação de Deus aos povos da terra, tipificada na figura dos Magos vindos do Oriente. Os cristãos são os novos mensageiros da presença de Deus no mundo dos homens. A celebração do Batismo de Jesus na próxima semana nos torne conscientes da missão e da dignidade da vida cristã, sabendo que Deus continua a ama-nos, tal como disseram os anjos em Belém. (Lc 2,14), também nos dias de hoje. Saibamos descobrir novos caminhos ruo ao bem (Mt 2, 12). Feliz Ano de 2022.

 

AGENDA PAROQUIAL

1. Agradecemos às Encarregadas dos sítios e pessoas que ofereceram as ofertas e deram flores para a igreja nestas festas de Natal. Obrigado ao Coro da Paróquia. Ao grupo de acordeões da Casa do Povo da Ribeira Brava, à Câmara Municipal da Ribeira Brava pela tenda no adro nas Missas do Parto e Natal. Ao Alpendre Decorações pelos adereços e decoração da nossa igreja. Às voluntárias que colaboram no acolhimento da igreja e a todos que prestam diversos serviços na igreja e nas capelas.

 2. Relembro o Encontro do Crisma no domingo 9 de janeiro após a missa das 10h.

 3. Catequese presencial recomeça nesta 1ª semana de janeiro e sempre que haja condições para ser feita. Não havendo segue-se as normas da saúde e os pais podem falar das coisas de Deus em casa. Já agora os avós deem um jeito, sff.

4. Agenda:

1º do Ano – Dia Santo e feriado: Celebrações às 10h e 12h

Reis – Domingo 2 Janeiro: Celebrações: 7h30,10h, 12h

Missas à semana- a partir de 3ª feira 4 de janeiro retomam o horário das 8h

Batismo de Jesus- 9 janeiro: celebrações: 7h,30,10h, 12h

Santo Amaro, 15 janeiro – Relembrar a tradição do varrer dos armários

  nb. Leitores: As leituras continuam a ser proclamadas na igreja e capelas. Peço aos leitores que não se esqueçam deste serviço nos dias em que cada um está encarregado. Obrigado!

                  Votos de Bom Ano com saúde e paz em e que as bênçãos do Menino Jesus desçam sobre as famílias.

 

MESA DA PALAVRA

Evangelho 1º do Ano: Lc 2, 16-21 – Foram apressadamente e encontraram Maria, José e o menino deitado na manjedoura. 17 Depois de terem visto, começaram a espalhar o que lhes tinham dito a respeito daquele menino. 18 Todos os que ouviram se admiravam do que lhes diziam os pastores. 19 Quanto a Maria, conservava todas estas coisas, ponderando-as no seu coração. 20 E os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido, conforme lhes fora anunciado. 21 Quando se completaram os oito dias, para a circuncisão do menino, deram-lhe o nome de Jesus indicado pelo anjo antes de ter sido concebido no seio materno.

Evangelho de Reis: Mt 2, 1-12 – Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes, chegaram a Jerusalém uns magos vindos do Oriente. 2 E perguntaram: «Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo.» 3 Ao ouvir tal notícia, o rei Herodes perturbou-se e toda a Jerusalém com ele. 4 E, reunindo todos os sumos sacerdotes e escribas do povo, perguntou-lhes onde devia nascer o Messias. 5 Eles responderam: «Em Belém da Judeia, pois assim foi escrito pelo profeta: 6 E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades da Judeia; porque de ti vai sair o Príncipe que há-de apascentar o meu povo de Israel.» 7 Então Herodes mandou chamar secretamente os magos e pediu-lhes informações exatas sobre a data em que a estrela lhes tinha aparecido. 8 E, enviando-os a Belém, disse-lhes: «Ide e informai-vos cuidadosamente acerca do menino; e, depois de o encontrardes, vinde comunicar-mo para eu ir também prestar-lhe homenagem.» 9 Depois de ter ouvido o rei, os magos puseram-se a caminho. E a estrela que tinham visto no Oriente ia adiante deles, até que, chegando ao lugar onde estava o menino, parou. 10 Ao ver a estrela, sentiram imensa alegria; 11 e, entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, adoraram-no; e, abrindo os cofres, ofereceram-lhe presentes: ouro, incenso e mirra. 12 Avisados em sonhos para não voltarem junto de Herodes, regressaram ao seu país por outro caminho.

Evangelho Batismo Jesus: Lc 3, 15-16.21-22 –  Estando o povo na expectativa e pensando intimamente se ele não seria o Messias, 16 João disse a todos: «Eu batizo-vos em água, mas vai chegar alguém mais forte do que eu, a quem não sou digno de desatar a correia das sandálias. Ele há-de batizar-vos no Espírito Santo e no fogo. 17 Tem na mão a pá de joeirar, para limpar a sua eira e recolher o trigo no seu celeiro; mas queimará a palha num fogo inextinguível.» 18 E, com estas e muitas outras exortações, anunciava a Boa-Nova ao povo. 19 Mas Herodes, o tetrarca, a quem João censurava por causa de Herodíade, mulher de seu irmão, e por todas as más ações que tinha praticado, 20 acrescentou a todas, mais esta: encerrou João na prisão. 21 Todo o povo tinha sido batizado; tendo Jesus sido batizado também, e estando em oração, o Céu abriu-se 22 e o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea, como uma pomba. E do Céu veio uma voz: «Tu és o meu Filho muito amado; em ti pus o meu encanto.»