Já cheira a São Pedro!

Já cheira a São Pedro!…

Paira no ar e nos ambientes o São Pedro como bem dizem as pessoas, pois os enfeites e as luzes lembram a todos que São Pedro está a chegar e meio ano a passar e os tempos a andar! Há toda uma azáfama em que não se poupam esforços e atenções de modo a celebrarmos o santo popular. Há quem diga que o São Pedro é sempre celebrado, mesmo com poucos enfeites desde que haja barracas no calhau. Parece-nos uma visão redutora da festa e do arraial. Já agora num santo pescador como é o caso de São Pedro, devia existir peixe na brasa, mas isso é outro assunto. Recordo entretanto que na 1ª vez que foi ao mar da Galileia e após a travessia de barco do lago para o almoço, alguém dizia: “uh, já cheira a frango assado, nada mau!” Bem desconfiava  do olfato do esfomeado e ao chegar ao restaurante deparei-me com peixe assado na boa brasa, ‘o peixe de São Pedro’! Bem pode o pessoal querer “batizar” as coisas ao seu modo, que a realidade é o que é! Pode ser que algum dia haja também ao lado da espetada peixe assado, mas o andar da carroça vai noutra direção, vamos esperar!…

Saboreamos a festa quanto mais nos empenhamos na preparação. O pouco que podemos fazer, unindo ao todo, torna-se muito e faz milagres! Precisa-se  boa vontade e empenho de todos para assim podermos fazer o arraial de São Pedro e já agora da festa do Senhor. Fazemos a charola e enchemos o barco como é habitual, com o que cada um pode contribuir para assim chegar a ser muito ( o tal milagre da partilha e da satisfação de dar) para a festa do santo. Como diria alguém, o santo não precisa disso, precisa sim, do quanto de bom fazemos com isso! Experimentamos que o pouco com Deus é muito, quando  abrimos o coração e a mão para que Deus faça o bem através de nós. É a melhor preparação para festejar o S. Pedro. Relembro também a azáfama do tapete do Senhor que com a ajuda do pouco de muitos e se for de todos melhor, faremos maravilhas!

O programa de São Pedro 28/29 junho e do Senhor 7/8 julho é conhecido de todos. A melhor festa é celebrar em paz e com a família, paróquia (SSS) e concelho (São Pedro). Sejam momentos de encontro, alegria, convívio e divertimento também. A todos receber e a todos alegrar . A todos a bênção e a proteção de São Pedro e do Senhor a ribeirabravenses, emigrantes e visitantes e forasteiros

Mesa da Palavra – Festa de São João  
   
   1ª Leitura: Is 49,1-6 – «Ouvi-me, habitantes das ilhas, prestai atenção, povos de longe. Quando ainda estava no ventre materno, o Senhor chamou-me, quando ainda estava no seio da minha mãe, pronunciou o meu nome. Fez da minha palavra uma espada afiada, escondeu-me na concha da sua mão. Fez da minha mensagem uma seta penetrante, guardou-me na sua aljava. Disse-me: «Israel, tu és o meu servo, em ti serei glorificado.» Eu dizia a mim mesmo: «Em vão me cansei, em vento e em nada gastei as minhas forças.» Porém, o meu direito está nas mãos do Senhor, e no meu Deus a minha recompensa. E agora o Senhor declara-me que me formou desde o ventre materno, para ser o seu servo, para lhe reconduzir Jacob, e para lhe congregar Israel. Assim me honrou o Senhor. O meu Deus tornou-se a minha força. Disse-me: «Não basta que sejas meu servo, só para restaurares as tribos de Jacob, e reunires os sobreviventes de Israel. Vou fazer de ti luz das nações, para que a minha salvação chegue até aos confins da terra.»

2ª Leitura: At 13, 22-26 – Pondo este de parte, Deus elevou David como rei, e a seu respeito deu este testemunho: ‘Encontrei David, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que fará todas as minhas vontades. Da sua descendência, segundo a sua promessa, Deus proporcionou a Israel um Salvador, que é Jesus. João preparou a sua vinda, anunciando um batismo de penitência a todo o povo de Israel. Quase a terminar a sua carreira, João dizia: ‘Eu não sou quem julgais; mas vem, depois de mim, alguém cujas sandálias não sou digno de desatar.’ Irmãos, filhos da estirpe de Abraão, e os que de entre vós são tementes a Deus, a nós é que foi dirigida a palavra de salvação.

Evangelho: Lc 1, 57-66.80 – Entretanto, chegou o dia em que Isabel devia dar à luz e teve um filho. Os seus vizinhos e parentes, sabendo que o Senhor manifestara nela a sua misericórdia, rejubilaram com ela. Ao oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias. Mas, tomando a palavra, a mãe disse: «Não; há-de chamar-se João.» Disseram-lhe: «Não há ninguém na tua família que tenha esse nome.» Então, por sinais, perguntaram ao pai como queria que ele se chamasse. Pedindo uma placa, o pai escreveu: «O seu nome é João.» E todos se admiraram. Imediatamente a sua boca abriu-se, a língua desprendeu-se-lhe e começou a falar, bendizendo a Deus. O temor apoderou-se de todos os seus vizinhos, e por toda a montanha da Judeia se divulgaram aqueles factos. Quantos os ouviam retinham-nos na memória e diziam para si próprios: «Quem virá a ser este menino?» Na verdade, a mão do Senhor estava com ele. Entretanto, o menino crescia, o seu espírito robustecia-se, e vivia em lugares desertos até ao dia da sua apresentação a Israel.

 

MESA DA PALAVRA – FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA

. agenda de junho

 27. Início Festejos de São Pedro: Charola na Fajã da Ribeira

  1. 28. Véspera da Festa de São Pedro:

Romagens: Vale/Avé Maria -14H

Barco: Achada – 18H

Charola: Fajã da Ribeira – 19H

Novena São Pedro – 21H

Marchas – 22H

Igreja encerra às 3h. Reabre para a missa das 10h do dia S. Pedro

  1. 29. Dia da Festa São Pedro, 16H

O Sr. Bispo preside à festividade do dia de S. Pedro

 Charola com colaboração sítios: Fajã da Ribeira, Meia Légua Murteira, e outros com produtos da terra. Colocar sff. na venda até a manhã do 27 de junho.

Barco com ajuda sítios: Achada, Pico, Apresentação, Cruz, Pico e outros…Colocar junto do barco no 28 junho de manhã. Os festeiros são a Câmara e a paróquia. Logo a colaboração de todos! Peço aos encarregados dos sítios que recolham as ofertas de quem quiser colaborar. Obrigado!

❷.agenda de julho

02-05. Semana Juventude: 15H-17H

  1. 06. Reconciliação: crismandos, pais e padrinhos – 20H30
  2. 07. Véspera da Festa do Senhor – 20H
  3. 08. Festa do Senhor – Missa e Procissão – 16H

11-18. Peregrinação à Terra Santa

  1. 28. Véspera Festa Sª da Saúde – Capela Meia Légua – 20H
  2. 29. Julho – Festa Senhora Saúde-Capela Meia Légua – 12H

❸. A Câmara da Ribeira Brava homenageia o Pe. Gil, dando-lhe o nome à rua, do outro lado da ribeira, que vai da rotunda ao parque, a 27 de Junho, 15h na presença de família e amigos. Fica o convite para quem queira associar-se!

 

«Semana Santa!…»

«Semana Santa!…» A celebração da Paixão no Domingo de Ramos inicia a Semana Santa cujo ápice acontece no Domingo de Páscoa. É para nós a semana maior, santa, pois nela celebramos de modo denso a Redenção operada por Jesus. O tríduo pascal, de 5ª feira santa ao domingo...

read more

A Festa de São Bento, Padroeiro da Ribeira Brava

«A Festa de São Bento!…» Entre nós a preparação próxima da festa do padroeiro começa com a Procissão dos Passos no domingo que antecede a festa, denominada de Semana de São Bento, pois todas as celebrações são-lhe dedicadas de modo que conhecemos e aprofundamos a...

read more

«Procissão dos Passos…»

«Procissão dos Passos!…» Todos os anos damos início à Semana de São Bento com a Procissão dos Passos preparando assim a Páscoa em comunidade paroquial. As novenas da Semana de São Bento ajudam-nos a aprofundar a vida cristã e a intensificar o nosso compromisso de...

read more

«Remédios da Quaresma!…»

«Remédios da Quaresma!…» O papa Francisco na mensagem quaresmal propõe os seguintes remédios: «A Igreja, nossa mãe e mestra, nos oferece, neste tempo de Quaresma, o remédio doce da oração, da esmola e do jejum: "Porque se multiplicará a iniquidade, vai resfriar o amor...

read more

«EM NOME DE CRISTO, RECONCILIAI-VOS COM DEUS!»

«Em nome de Cristo, reconcilia-vos com Deus!…» O boletim paroquial desta semana em sintonia com a 2ª leitura de Quarta-feira de Cinzas vem dar o mote para a nossa caminhada espiritual da Quaresma em que S. Paulo nos propõe e nos pede: «Nós vos pedimos em nome de...

read more

Fevereiro rico de espiritualidade

«Fevereiro rico de espiritualidade!…» Iniciamos o mês de fevereiro com uma festa mariana, apreciada por muitos de nós: Nossa Senhora das Candeias, Apresentação do Menino no Templo e Purificação de Nossa Senhora. Neste dia é ainda celebrado do Dia dos Consagrados, dia...

read more

«Três coisas há nesta igreja!…»

«Três coisas há nesta igreja!…» Os inícios de um novo ano permitem um acertar de agulhas, colocar em marcha o barco da vida e traçar as rotas para chegarmos a bom porto. A sabedoria e a prudência aconselham a termos um plano alternativo para não ficarmos "encalhados"...

read more

«Uns Magos vindos do oriente…»

«Uns Magos vindos do oriente...» A Festa dos Reis vem completar e dar sentido ao Natal. Dizemos que o Menino Jesus veio para todos e "este vir para todos " tem a máxima expressão na Festa dos Reis Magos, festa que declama a universalidade do Natal, hoje diríamos a...

read more

«Dai-nos as Festas Felizes!…»

« Dai-nos as Festas felizes!...» A celebração das Missas do Parto iniciam as celebrações do Natal, na preparação próxima, intensiva e espiritualmente alegre. Exigem esforço, abnegação, constância e fé, enchendo a todos de júbilo e contentamento. É admirável madrugar e...

read more

MISSAS DO PARTO!…

«Missas do Parto!...» Não há dúvida que entre nós o melhor anúncio da Festa/do Natal, são as Missas do Parto, celebradas com entusiasmo, alegria e paixão! São o referencial de "Festa/Natal" e constituem parte do espírito natalício, vivido em ambiente festivo. O bem...

read more