Ascensão!

«Ascensão…»

Este domingo faz-nos viver a festa da Ascensão de Jesus ao céu. Como aos Apóstolos Jesus nos convoca ao anúncio e ao testemunho da fé nos ambientes em que vivemos e nas diversas situações e circunstâncias da vida do nosso mundo. Esta festa é celebrada 40 dias após a Páscoa, que antes era feriado e agora é celebrada no Domingo e por isso chamar-se a 5ª feira da espiga! O vocábulo ascensão, vem do latim ascensio, que significa “subida”. Celebra a subida de Jesus ao céu, do regresso ao Pai. (cf. Act 1, 4-12) e que marca o pleno cumprimento da glorificação de Jesus, iniciada com a sua Ressurreição.

Quem já esteve em Jerusalém e foi ao Monte das Oliveiras recorda-se certamente do local onde tradicionalmente é atribuído o local da ascensão. Tem uma mesquita, logo continuou como local sagrado. No centro do recinto existe uma pequena construção octogonal (construção em 8 lados) e sem teto para indicar a subida, a elevação. Nesta tem uma pedra para sinalizar o local da subida de Jesus. Ao redor nada mais tem. Local de uma simplicidade que causa espanto e estranheza, quando comparado com outros locais ligados à vida de Jesus. No entanto há um costume interessante. Neste local os jovens cristãos passam a noite da Ascensão em vigília de oração. Para melhor conforto é montada uma tenda para assim poderem passar a noite.

A oração é meio eficaz pelo qual nos elevamos a Deus e Deus vem até nós. Já diz o provérbio: “Quem não fala Deus não houve!” Logo se queremos fazer-nos ouvir por Deus, temos de orar, de várias formas e feitios, assim dizemos: “cada um sabe de si e Deus de todos.” Jesus recomenda por diversas vezes a oração e Ele próprio dá o exemplo ao retirar-se da azáfama para estar a sós com o Pai.: ao amanhecer, de manhazinha, ao anoitecer, ao entardecer, à noite, muito cedo. São diversos momentos que Jesus nos mostra da necessidade de estar a sós som o Pai. S. Bento recomenda aos seus devotos e protegidos a oração ( ora et labora): seja ela mental, oral, falada, escrita, meditada ou litúrgica (especial a salmodia). O dia era ritmado pela oração e não ponha de modo algum de parte o trabalho. Para ele constituía uma unidade: oração e trabalho!

Podemos assim dizer que o nosso ascensor/elevador para chegarmos ao Coração de Deus é a oração, que nos dignifica e santifica com o trabalho. Em S. Bento nada se anteponha ao serviço de Cristo. Que o Espírito Santo nos inspire e nos cumule do amor de Deus e dos seus dons, a fim de nos elevarmos para a eternidade.

ACONTECE NA PARÓQUIA

. encerramento do mês de maio, na 4ª feira, 31 de maio: missa às 20h na igreja seguida de procissão de velas nas ruas da vila. Não há missa às 8H. Todos estamos convidados em especial os movimentos marianos…

. Agradeço As Flores oferecidas para o altar de Nª Senhora DE Fátima no mês de maio e vamos continuar no mês de junho com a reza do terço e a devoção ao Coração de Jesus com o mesmo horário As flores são bem recebidas, assim queiram oferecer e agradece-se desde já para o altar do Coração de Jesus

❸. Acontece em Maio

  1. 28. O Coro de Câmara da Madeira celebra o seu aniversário

Inicia com concerto às 9h30 e anima a missa das 10h.

  1. 29. A “Chama da Solidariedade” na Ribeira Brava, passando

pelas freguesias do concelho, chegada e receção na frente

mar da Ribeira Brava com missa campal às 18H

  1. 31. Encerramento mês de Maio: Missa e Procissão Velas, 20h

❹ Acontece em Junho

  1. 03. Confissões para a 1ª Comunhão e Profissão de Fé, 10H na igreja
  2. 04. Festa do Espírito Santo, 10H
  3. 10. Dia Diocesano dos Catequistas no Curral das Freiras

Primeira Comunhão às 17H30

  1. 11. Profissão de Fé às 11H30
  2. Corpo de Deus: missa às 8h e 10H. Não há as 17h30.
  3. 16. Concerto na Igreja pelo Conservatório da Madeira, 21H
  4. 17. Caminhada da Catequese, 9H30

❺ Visitas do Espírito Santo: Domingo, 28 de Maio

Apresentação – Tem Festeiro

Furna – Tem Festeiro

Muro e Moinhos – Tem Festeiros (2 grupos)

Domingo, 4 de junho – Pentecostes

Vila – Tem Festeiro

Lombo Cesteiro – Tem Festeiro

NB. Obrigado às famílias e às pessoas que nos sítios colaboraram na Visita do Espírito Santo. Que O Espírito Santo a todos cumule de dons!

Mesa da Palavra – Ascensão  – Ano A

1ª Leitura: Act 1,1-11 – No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei as obras e os ensinamentos de Jesus, desde o princípio 2 até ao dia em que, depois de ter dado, pelo Espírito Santo, as suas instruções aos Apóstolos que escolhera, foi arrebatado ao Céu. 3 A eles também apareceu vivo depois da sua paixão e deu-lhes disso numerosas provas com as suas aparições, durante quarenta dias, e falando-lhes também a respeito do Reino de Deus. 4 No decurso de uma refeição que partilhava com eles, ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem lá o Prometido do Pai, «do qual -disse Ele- me ouvistes falar. 5 João batizava em água, mas, dentro de pouco tempo, vós sereis batizados no Espírito Santo.» 6 Estavam todos reunidos, quando lhe perguntaram: «Senhor, é agora que vais restaurar o Reino de Israel?» 7 Respondeu-lhes: «Não vos compete saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou com a sua autoridade. 8 Mas ides receber uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria, e até aos confins do mundo.» 9 Dito isto, elevou-se à vista deles e uma nuvem subtraiu-o a seus olhos. 10 E como estavam com os olhos fixos no céu, para onde Jesus se afastava, surgiram de repente dois homens vestidos de branco 11 que lhes disseram: «Homens da Galileia, por que estais assim a olhar para o céu? Esse Jesus que vos foi arrebatado para o Céu virá da mesma maneira, como agora o vistes partir para o Céu.»

2ª Leitura: Ef 1, 17-23 – Que o Deus de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai a quem pertence a glória, vos dê o Espírito de sabedoria e que vo-lo revele, para o conhecerdes: 18 que sejam iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais que esperança nos vem do seu chamamento, que riqueza de glória contém a herança que Ele nos reserva entre os santos 19 e como é extraordinariamente grande o seu poder para connosco, os crentes, de acordo com a eficácia da sua força poderosa, 20 que eficazmente exerceu em Cristo: ressuscitou-o dos mortos e sentou-o à sua direita, nos altos Céus, 21 muito acima de todo o Poder, Principado, Autoridade, Potestade e Dominação e de qualquer outro nome que seja nomeado, não só neste mundo, mas também no que há-de vir. 22 Sim, tudo Ele submeteu a seus pés e deu-o, como cabeça, que tudo domina, à Igreja, 23 que é o seu Corpo, a plenitude daquele que tudo preenche em todos.

Evangelho: Jo 16,23-28 – Nesse dia, já não me perguntareis nada. Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai em meu nome, Ele vo-la dará. 24 Até agora não pedistes nada em meu nome; pedi e recebereis. Assim, a vossa alegria será completa.» 25 «Até aqui falei-vos por meio de comparações. Está a chegar a hora em que já não vos falarei por comparações, mas claramente vos darei a conhecer o que se refere ao Pai. 26 Nesse dia, apresentareis em meu nome os vossos pedidos ao Pai, e não vos digo que rogarei por vós ao Pai, 27 pois é o próprio Pai que vos ama, porque vós já me tendes amor e já credes que Eu saí de Deus. 28 Saí do Pai e vim ao mundo; agora deixo o mundo e vou para o Pai.»

 

 

Semana da Família!…

«Semana da família!…» Iniciamos no Domingo passado a Semana da Vida e nela o tema da família. Neste fim de semana temos várias celebrações e festas da família para nos chamar a atenção para este assunto deveras importante e tão caro a todos nós, não fossemos cristãos,...

read more

«Sou filha do Espírito Santo!…»

  «Sou filha do Espírito Santo!…» Iniciamos a bom ritmo as Visitas do Espírito Santo na Ribeira Brava e já temos festeiros para todos os sítios. É caso para dizer: «Graças a Deus e a quem se dispôs a fazer este serviço!» Vale pela boa experiência de levar a alegria, a...

read more

«Reconheceram-n’O!…

«Reconheceram-n'O!…» O Evangelho deste domingo (Lc 24,13-35), Páscoa III é uma bela catequese do Evangelista Lucas sobre a identidade dos cristãos, dos  sinais e dos símbolos que identificam os seguidores de Jesus. É uma bela página da Eucaristia e do alto significado...

read more

Visitas do Espírito Santo

«Visitas do Espírito Santo!…» Iniciamos neste domingo as Visitas do Divino Espírito Santo na paróquia da Ribeira Brava, mais concretamente às famílias que nos diversos sítios da paróquia, queiram receber a visita e abrem as suas casas para esta visita. Sabemos também...

read more

SEMANA SANTA

A Semana Santa! O Domingo de Ramos como o nome indica, com a bênção dos ramos, dá-se início à Semana Santa que decorre até ao Domingo de Páscoa . É a semana maior do ano visto celebrarmos a centralidade do mistério Cristão: Paixão Morte e Ressurreição de Jesus. É a...

read more

A Festa de São Bento

A Festa de São Bento Neste fim de semana celebramos a festa de São Bento, Padroeiro da Ribeira Brava. O dia próprio é 21 de março, por ser o dia do "transito" da morte de São Bento. A junta de freguesia celebrou esta data por ser também o dia da freguesia. Fazemos...

read more

Procissão dos Passos!

A Procissão dos Passos Na Quaresma realiza-se a Procissão dos Passos sobretudo nas paróquias mais antigas e nas paróquias criadas há 50 anos também vão introduzindo esta prática de devoção nos diferentes domingos da Quaresma. A paróquia da Ribeira Brava realiza este...

read more

O Sacramento dos Enfermos

O Sacramento dos Enfermos A Igreja celebra todos os anos o Dia Mundial do Doente no dia 11 de Fevereiro ,Festa de Nossa Senhora de Lurdes. Há uma mensagem do papa para este dia e nesta tradição o Papa Francisco enviou uma mensagem com o título: «Admiração por quanto...

read more

«Luz e Sal!…»

«Luz e Sal!…» As leituras que vamos escutar e meditar neste domingo são harmoniosas e belas, aliás o Evangelho é sempre belo, porque é para nós: «Palavra de Salvação» que nos vem da boca de Deus! Saibamos, nós cristãos, acolher o que Deus nos diz e nos pede em cada...

read more