«Três coisas há nesta igreja!…»

«Três coisas há nesta igreja!…»

Os inícios de um novo ano permitem um acertar de agulhas, colocar em marcha o barco da vida e traçar as rotas para chegarmos a bom porto. A sabedoria e a prudência aconselham a termos um plano alternativo para não ficarmos “encalhados” a fim de prosseguirmos e alcançarmos os objetivos. Todos corremos para a meta, mas só um recebe a coroa de louros, pese embora, o concurso de muitos nos bastidores para que seja  possível concretizar-se a ação idealizada. O tempo mudou e as pessoas mudaram com o tempo, mas não mudaram em tudo. Há sempre algo na vida que dá consistência e razão de ser das nossa existência, marcada por atitudes, mentalidades e ações. No campo do religioso há sempre resistência à mudança, porque existe resistência à formação. Pensamos que a catequese nos ensinou o que tínhamos de aprender e prontos! Não vemos que a nossa formação ficou estagnada, ficou pequena, porque não quisemos abrir a mente e o coração à novidade, embalados num autossuficiência “miudinha” e concebida de preconceitos? É uma contradição pela razão que o Evangelho é Boa Nova e como tal apela à conversão constante e à novidade da Palavra de Deus! Nós que semanalmente até dedicamos algum tempo para ouvir a Palavra é-nos pedido tempo para a leitura, estudo e meditação da mesma, a fim de crescermos humana e espiritualmente.

Gostaria de pensar convosco o que há muito se passa nas capelas e em especial na nossa igreja. A igreja é a casa onde os cristãos se reúnem para rezar e celebrar o culto, é a casa de Deus! (está em nós e nas famílias – igrejas domésticas(cf. Vat. II). É lugar sagrado, de respeito! Verifico três coisas nesta igreja que gostaria de cantá-las como Amós cantou um poema em nome de Deus ao seu povo. Quais as três coisas então? Telemóveis, cães e vozearia! Telemóveis de usos e feitios, desde o altar à porta da igreja e atende-se a qualquer hora! Cães entram todos os dias na igreja. Devem vir em busca dos donos (cães enganados!). Vozearia é interminável. Há muito dar à língua na igreja, como se estivessem no mercado! Acham isto normal falar por tudo e por nada? Eu não acho e não quero continuar a ter estas cenas! Estamos ou não na igreja?

ACONTECE NA PARÓQUIA

. AGENDA de janeiro

  1. 14. Preparação do Crisma na missa das 10h. Cantar St. Amaro, 15h
  2. 17. Encontro Movimentos paroquiais, Conselho Pastoral e Assuntos Económicos para programação Pastoral de 2018 no salão, 20h.

18-25. Semana da Unidade

22-25. Atualização de Clero e Leigos27. Festa do Pai Nosso – 2º Ano de Catequese, 17h28. Reunião Arciprestado para Ministros da Comunhão e Leitores

❷.Agradecemos a colaboração Nas festas Natal

Alpendre Decorações tudo o necessário e a própria decoração da igreja, grupos da Casa do Povo da Ribeira Brava, CMRB, flores, coro paroquial, grupos do concerto, agrupamento CNE da Ribeira Brava, Encarregados dos sítios e pessoas que realizaram os convívios e os que colaboraram com as suas ofertas. RDP Madeira/Antena1 e Internacional, com transmissão das Missas do Parto. Empresa Madcolorprint (1ª gráfica online) que ofereceu os postais de Natal. Intervenientes no concerto de Natal e presença de todos nas festas.

❸. Peregrinação à Terra Santa de 11-18 de julho de 2018 A paróquia da Ribeira Brava organiza em colaboração com a Brava Tour uma peregrinação à Terra Santa de 11 a 18 de Julho. Em Regime de pensão completa. Não inclui bebidas às refeições. Preço: 1.580,00€ por pessoa. Inscrições na agência ou paróquia. Necessário o passaporte, CC e NIF.(ver programa,sff.). Inscrições até o mês de março por exigência da companhia aérea.

 ❹. Passeio ao Sul de França de 10 a 16 Fevereiro de 2018.

Já está em pagamento o passeio para assegurar os lugares.

«CONVIDO CADA CRISTÃO, A RENOVAR HOJE MESMO O SEU ENCONTRO PESSOAL COM JESUS. NÃO HÁ MOTIVO PARA PENSAR QUE ESTE CONVITE NÃO LHE DIZ RESPEITO JÁ QUE NINGUÉM ESTÁ EXCLUIDO DESTA ALEGRIA!…(A ALEGRIA DO EVANGELHO 3)

MESA DA PALAVRA – Ii DOMINGO COMUM ANO B

1ª Leitura: 1Sam 3,3-10 –  A lâmpada de Deus ainda não se tinha apagado e Samuel repousava no templo do Senhor, onde se encontrava a arca de Deus. 4 O Senhor chamou Samuel. Ele respondeu: «Eis-me aqui.» 5 Samuel correu para junto de Eli e disse-lhe: «Aqui estou, pois me chamaste.» Disse-lhe Eli: «Não te chamei, meu filho; volta a deitar-te.» 6 O Senhor chamou de novo Samuel. Este levantou-se e veio dizer a Eli: «Aqui estou, pois me chamaste.» Eli respondeu: «Não te chamei, meu filho; volta a deitar-te.» 7 Samuel ainda não conhecia o Senhor, pois até então nunca se lhe tinha manifestado a palavra do Senhor. 8 Pela terceira vez, o Senhor chamou Samuel, que se levantou e foi ter com Eli: «Aqui estou, pois me chamaste.» Compreendeu Eli que era o Senhor quem chamava o menino e disse a Samuel: 9 «Vai e volta a deitar-te. Se fores chamado outra vez, responde: «Fala, Senhor; o teu servo escuta!» Voltou Samuel e deitou-se. 10 Veio o Senhor, pôs-se junto dele e chamou-o, como das outras vezes: «Samuel! Samuel!» E Samuel respondeu: «Fala, Senhor; o teu servo escuta!»

2ª Leitura: 1 Cor 6, 15-15.17-20 – Os alimentos são para o ventre, e o ventre para os alimentos, e Deus destruirá tanto aquele como estes. Mas o corpo não é para a impureza, mas para o Senhor, e o Senhor é para o corpo. 14 E Deus, que ressuscitou o Senhor, há-de ressuscitar-nos também a nós, pelo seu poder. 15 Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? Iria eu, então, tomar os membros de Cristo para fazer deles membros de uma prostituta? Por certo que não! 17 Mas quem se une ao Senhor, forma com Ele um só espírito. 18 Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que o homem cometa é exterior ao seu corpo, mas quem se entrega à impureza, peca contra o próprio corpo. 19 Não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, porque o recebestes de Deus, e que vós já não vos pertenceis? 20 Fostes comprados por um alto preço! Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo.

Evangelho Jo 1,35-42 – No dia seguinte, João encontrava-se de novo ali com dois dos seus discípulos. 36 Então, pondo o olhar em Jesus, que passava, disse: «Eis o Cordeiro de Deus!» 37 Ouvindo-o falar desta maneira, os dois discípulos seguiram Jesus. 38 Jesus voltou-se e, notando que eles o seguiam, perguntou-lhes: «Que pretendeis?» Eles disseram-lhe: «Rabi -que quer dizer Mestre- onde moras?» 39 Ele respondeu-lhes: «Vinde e vereis.» Foram, pois, e viram onde morava e ficaram com Ele nesse dia. Era ao cair da tarde. 40 André, o irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram João e seguiram Jesus. 41 Encontrou primeiro o seu irmão Simão, e disse-lhe: «Encontrámos o Messias!» -que quer dizer Cristo. 42 E levou-o até Jesus. Fixando nele o olhar, Jesus disse-lhe: «Tu és Simão, o filho de João. Hás-de chamar-te Cefas» -que significa Pedra.

 

 

«Uns Magos vindos do oriente…»

«Uns Magos vindos do oriente...» A Festa dos Reis vem completar e dar sentido ao Natal. Dizemos que o Menino Jesus veio para todos e "este vir para todos " tem a máxima expressão na Festa dos Reis Magos, festa que declama a universalidade do Natal, hoje diríamos a...

read more

«Dai-nos as Festas Felizes!…»

« Dai-nos as Festas felizes!...» A celebração das Missas do Parto iniciam as celebrações do Natal, na preparação próxima, intensiva e espiritualmente alegre. Exigem esforço, abnegação, constância e fé, enchendo a todos de júbilo e contentamento. É admirável madrugar e...

read more

MISSAS DO PARTO!…

«Missas do Parto!...» Não há dúvida que entre nós o melhor anúncio da Festa/do Natal, são as Missas do Parto, celebradas com entusiasmo, alegria e paixão! São o referencial de "Festa/Natal" e constituem parte do espírito natalício, vivido em ambiente festivo. O bem...

read more

«Advento!…»

«Advento!...» Estamos a iniciar na liturgia um novo ano, - Ano B - com o tempo do Advento. Este tempo nos prepara para o Natal. Neste percurso temos a Festa da Imaculada Conceição que nos abre ao mistério do Natal. A Virgem Maria, é bem celebrada neste mês de...

read more

«Só tenho pena de não levar o dinheiro!…»

«Só tenho pena de não levar o dinheiro!...» Continuamos neste mês de Novembro a viver de modo mais intenso a saudade em relação aos que mais próximos de nós, sejam da família sejam da paróquia, fizeram caminho connosco ou de algum modo estão na nossa vida, porque...

read more

«Todos Santos…»

«Todos santos!...» O mês das almas como chamamos ao mês de novembro vem focar a nossa existência na centralidade do binómio vida/morte. Para nós crentes o «viver e morrer é em Cristo Jesus» e intensificamos esta espiritualidade ainda no apóstolo Paulo: «Não sou eu que...

read more

«Mês das Almas!…»

«Mês das Almas!...» Vivemos com plena alma missionária o mês de outubro, recordando os nossos missionários e entrámos nesta semana no mês de novembro com um forte apelo da Igreja à santidade. Logo no 1º dia com a celebração de "Todos os Santos - também aqueles sem...

read more

Outubro: Mês do Rosário e das Missões

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões!...» Continuamos a vivência do mês das Missões e da celebração do Centenário das Aparições da Virgem em Fátima aos três pastorinhos de Aljustrel: Lúcia, Francisco e Jacinta. A Virgem lança àquelas crianças um convite de...

read more

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões»

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões!...» Entramos num mês rico e denso em significado humano e espiritual. Celebramos a Senhora do Rosário a 7 de outubro em que a oração do Terço e das Avé-Marias fez parte do rezar do povo cristão ao longo dos séculos. Continuamos...

read more

«Já sabe quando é o crisma?…»

«Já sabe quando é o Crisma!...» Finalmente temos hoje a resposta para a pergunta tantas vezes incomoda e inoportuna no sentido que sempre que a data me é comunicada, é transmitida aos interessados, que são os jovens do 10º ano, e sempre no 1º encontro que tenha com...

read more