«Já sabe quando é o crisma?…»

«Já sabe quando é o Crisma!…»

Finalmente temos hoje a resposta para a pergunta tantas vezes incomoda e inoportuna no sentido que sempre que a data me é comunicada, é transmitida aos interessados, que são os jovens do 10º ano, e sempre no 1º encontro que tenha com eles, porque é o lugar próprio. Às vezes pergunto-me se vale a pena tanto esforço, “a não ser a recompensa de Deus como bem sabemos” para termos de ouvir coisas e loisas porque  não agrada. Isto do agradar tem muito que se diga e já agora diga-se que ser pastor muito há para dizer e para refrear! Que o diga eu! Não é? Tenho de admirar os jovens que durante dez anos se preparam para o seu crisma e damos os parabéns pela persistência e assiduidade. Não posso premiar os adultos que facilmente trazem desculpas para quem não fez e teima em não fazer um mínimo de preparação e teima em passar por cima de tudo e de todos! Também não aceito que se peça ou se arranje padrinhos/ madrinhas que muito ajudam quando não atrapalham. Também não aceito quem não quer fazer a sua preparação espiritual e só pensa na moda e no social da festa (qual passerelle!…).Jesus diz que se entra no céu pela porta estreita e pelo caminho estreito! A mentalidade de tudo fácil e tudo às largas, está em contradição com estes ditos de Jesus. É normal que se queira apresentar bem na igreja. O melhor perfume é o testemunho de uma vida, tida em dignidade. Sabemos que o respeito fica bem a todos, mas por vezes esquecemo-nos de respeitar para sermos respeitados.

Terminamos um ano de catequese e estamos a iniciar outro. Os recomeços têm dificuldades como têm desafios. Com a colaboração de todos e de mãos dadas, conseguimos minimizar as dificuldades, inventar soluções e resolver problemas. O lema de São Bento ORA ET LABOA leva-nos mais longe. Enriquece-nos humana, espiritual e materialmente. Há-de sobrar tempo para pensarmos nas causas de Deus que são causas dos homens. O convite do VEM E SEGUE-ME há-de fazer-se ouvir nestes montes e vales. O sopro do Espírito há-de “atingir” a vida de jovens que se disponham também a uma vida de consagração. Vamos ter  um ano dedicado aos jovens e sejam eles os arautos do Espírito de Deus! Boa festa do Crisma aos jovens e às famílias.

ACONTECE NA PARÓQUIA

.Realiza-se o Crisma neste domingo, 24 de Setembro às 11h com a Presença de D. António Carrilho, bispo da diocese para os jovens do 10º ano que fizeram a sua preparação no ano de 2016/2017.

. catequistas – Precisa-se para há alguns anos que não têm ainda, porque as mesmas não podem continuar ou tiveram de ausentar-se para outros lados…. Os vossos filhos, os vossos netos e os vossos sobrinhos estão a precisar!….Aguardamos!…Desde já o nosso/vosso obrigado às catequistas (os) pelo ano que passou e pela disponibilidade para o novo que aí vem.

❸.Agenda de Outubro da Catequese

Domingo,01. Reunião geral de pais, catequistas e crianças após a missa das 10h. Distribuição de catequistas e horários pelos diversos anos de Catequese.

Domingo, 08 – Compromisso das catequistas na missa das 10H

Início dos Encontros para os jovens do 10º ano com a missa das 10H

Segunda, 09 – Outubro – início das catequeses  do 1º ao 9º ano

❹. Decorre neste domingo, 24 setembro  o 34º aniversário. da Presença dos Dehonianos na Ribeira Brava (24.09.1983-24.09.2017). Recordo os três primeiros scj: Pe. Gil (já falecido) para Ribeira Brava e Serra de Água, Pe. Jorge (está em Angola) para S. João e S. Paulo e Ir. Zé Manuel (está em Angola) para apoio pastoral nestas paróquias.

❺. Invocando

«Deus nosso Pai, deste-nos o Espírito Santo

Para sermos testemunhas do Evangelho no mundo.

Mas, às vezes falta-nos a coragem…

Dá-nos o Teu Espírito de Fogo.                    -Senhor, envia-nos o Teu Espírito!

LEITURAS XXV DOMINGO COMUM – ANO A

1ª Leitura: Is 56, 6-9 – Buscai o Senhor, enquanto se pode encontrar; invocai-o, enquanto está perto. 7 Deixe o ímpio os seus caminhos, e o criminoso os seus projetos. Volte-se para o Senhor, que terá piedade dele, para o nosso Deus, que é generoso em perdoar. 8 Os meus planos não são os vossos planos, os vossos caminhos não são os meus caminhos -oráculo do Senhor. 9 Tanto quanto os céus estão acima da terra, assim os meus caminhos são mais altos que os vossos, e os meus planos, mais altos que os vossos planos.

2ª Leitura: Filip 1,20-24.27 – de acordo com a ansiedade e a esperança que tenho de que em nada serei envergonhado. Pelo contrário: com todo o desassombro, agora como sempre, Cristo será engrandecido no meu corpo, quer pela vida quer pela morte. 21 É que, para mim, viver é Cristo e morrer, um lucro. 22 Se, entretanto, viver corporalmente, isso permitirá que dê fruto a obra que realizo. Que escolher então? Não sei. 23 Estou pressionado dos dois lados: tenho o desejo de partir e estar com Cristo, já que isso seria muitíssimo melhor; 24 mas continuar a viver é mais necessário por causa de vós. Só isto é necessário: comportai-vos em comunidade de um modo digno do Evangelho de Cristo, para que -quer eu vá ter convosco, quer esteja ausente- ouça dizer isto de vós: que permaneceis firmes num só espírito, lutando juntos, numa só alma, pela fé no Evangelho.

 Evangelho do XXI Domingo Comum: Mt 20, 1-16 – «Com efeito, o Reino do Céu é semelhante a um proprietário que saiu ao romper da manhã, a fim de contratar trabalhadores para a sua vinha. 2 Ajustou com eles um denário por dia e enviou-os para a sua vinha. 3 Saiu depois pelas nove horas, viu outros na praça, que estavam sem trabalho, 4 e disse-lhes: ‘Ide também para a minha vinha e tereis o salário que for justo.’ 5 E eles foram. Saiu de novo por volta do meio-dia e das três da tarde, e fez o mesmo. 6 Saindo pelas cinco da tarde, encontrou ainda outros que ali estavam e disse-lhes: ‘Por que ficais aqui todo o dia sem trabalhar?’ 7 Responderam-lhe: ‘É que ninguém nos contratou.’ Ele disse-lhes: ‘Ide também para a minha vinha.’ 8 Ao entardecer, o dono da vinha disse ao capataz: ‘Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até aos primeiros.’ 9 Vieram os das cinco da tarde e receberam um denário cada um. 10 Vieram, por seu turno, os primeiros e julgaram que iam receber mais, mas receberam, também eles, um denário cada um. 11 Depois de o terem recebido, começaram a murmurar contra o proprietário, dizendo: 12 ‘Estes últimos só trabalharam uma hora e deste-lhes a mesma paga que a nós, que suportámos o cansaço do dia e o seu calor.’ 13 O proprietário respondeu a um deles: ‘Em nada te prejudico, meu amigo. Não foi um denário que nós ajustámos? 14 Leva, então, o que te é devido e segue o teu caminho, pois eu quero dar a este último tanto como a ti. 15 Ou não me será permitido dispor dos meus bens como eu entender? Será que tens inveja por eu ser bom?’ 16 Assim, os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos. Porque muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos.»

 

“O número 2…”

«O número 2!…» Os passeios são sempre motivo de convívio, cultura, enriquecimento, partilha e também novidade. Há "estórias" que se ouvem e outras que se contam, marcando os momentos e até a vida, permanecendo no imaginário dos participantes. Assim, não resisto em...

read more

«Quem dizem os homens!…»

«Quem dizem os homens!…» O Evangelho deste domingo vem colocar-nos a questão da fé ou seja que cada um de nós se defina perante Deus. Logo questiona as nossas certezas e dúvidas como as seguranças, as aquisições, dados e direitos adquiridos. Bom seria se questionasse...

read more

Em agosto, haja festas!…

« Em agosto, haja festa!…» O mês de agosto é vivido entre nós numa festa contínua tendo em vista a profusão das festas que se realizam nas nossas paróquias e capelas, seja a cargo de festeiros ou do povo. Somos um povo festivo com muitas tradições religiosas e...

read more

«Os avós…»

« Os Avós…» Nesta semana celebrámos São Joaquim e Santa Ana, no dia 26 de julho, dia da morte de Santa Ana, que coincidiu com a dedicação da sua basílica em Constantinopla (atual Istambul - Turquia), conhecidos e tidos como avós do Menino Jesus. É verdade que os...

read more

As Férias

«As Férias…» Apesar de falarmos da problemática dos exames e suas épocas, não deixamos de sentir que as férias para a grande maioria dos estudantes já estão a acontecer e os intervenientes muito dificilmente mantém atitudes de estudo e trabalho. O calor do verão não...

read more

As Festas de São Pedro e do Senhor….

«As Festas de São Pedro e do Senhor …» Vamos celebrar a Festa de São Pedro (28/29 junho) e a Festa do Senhor  (1/2 julho). Por razão de força maior estas movem a todos em virtude da carga humana e simbólica que comportam e transmitem. A festa de São Pedro é uma festa...

read more

«Já sei o nome do noivo!…»

«Já sei o nome do noivo!…» O mês de junho pode ser considerado o mês da "alegria popular" pois realizam-se as festas dos três santos populares, onde o nosso povo dá azas à alegria e ao contentamento. A fé e as tradições realizam uma simbiose tal, compreensível à luz...

read more

«A folha de trevo!…»

Realizada a Festa do Pentecostes demos por terminado o tempo pascal e retomamos o Tempo Comum na Liturgia na IX semana. Neste tempo realizamos as festas dos santos e da Virgem Maria. Neste domingo celebraremos a Solenidade da Santíssima Trindade, uma das Solenidades...

read more

Ascensão!

«Ascensão…» Este domingo faz-nos viver a festa da Ascensão de Jesus ao céu. Como aos Apóstolos Jesus nos convoca ao anúncio e ao testemunho da fé nos ambientes em que vivemos e nas diversas situações e circunstâncias da vida do nosso mundo. Esta festa é celebrada 40...

read more

Semana da Família!…

«Semana da família!…» Iniciamos no Domingo passado a Semana da Vida e nela o tema da família. Neste fim de semana temos várias celebrações e festas da família para nos chamar a atenção para este assunto deveras importante e tão caro a todos nós, não fossemos cristãos,...

read more