«Só tenho pena de não levar o dinheiro!…»

«Só tenho pena de não levar o dinheiro!…»

Continuamos neste mês de Novembro a viver de modo mais intenso a saudade em relação aos que mais próximos de nós, sejam da família sejam da paróquia, fizeram caminho connosco ou de algum modo estão na nossa vida, porque ouvimos falar ou porque algo do que fizeram e construíram, constitui para nós o melhor testemunho das suas vivências. Por isso têm sempre um lugar no coração e na memória de Deus. São os nossos entes, que em especial neste mês, não os esquecemos na nossa oração e honramos a sua memória, encomendando-os na memória de Deus: “O Senhor deu, o Senhor tirou bendito, seja o Senhor!” (cf.Job) e recordo ainda uma das afirmações de Diogneto (séc. II): “Os cristãos têm os pés na terra e olhar fito no céu!” É esta atitude que na verdade devíamos praticar e como tal propor-nos realizar todos os dias a nossa  “BA – A Boa Ação do Dia!” Neste campo viveríamos melhor o dito de Jesus: Tudo o que fizermos por amor a um dos mais pequenos é a Mim que o fazeis!” (cf. Mt 25, 40)

Sabemos que a natureza humana é capaz do bom e do menos bom! Por vezes salta o individualismo exacerbado e o egoísmo, ainda que criados para a relação e para a comunhão (cf. Gn 1,37; 2,18ss). Perdemos ou esquecemos o que nos diz o Salmo: ‘Como é bom e agradável viverem os irmãos em harmonia!…’ Os cristãos têm por distintivo o amor, cujo mandamento foi recebido de Jesus na Última Ceia: «amai-vos como Eu vos amei…» (cf. Jo 13,1-15). Jesus é único melhor modelo de “amor” ou seja de “doação/oferta/entrega/disponibilidade/partilha!” Ouvi uma estória de café que me faz pensar no aviltamento e na avareza, que podemos ter e viver, quando vivemos só para nós! Uma idosa rica que  nem sabe o que tem, nunca saiu da Madeira e nem sequer foi ao Porto Santo na vida, só para não gastar nada, até dava dor de alma vê-la falar. Era apertada em tudo e a casa era uma vergonha. Mesmo doente e de cama, lamentava-se às visitas, que: “só tinha pena de uma coisa!: Não poder levar o dinheiro quando morresse!” Se o céu fosse adquirido por dinheiro, já sabemos o que acontecia…, mas por lá, Jesus não quer dessa gente (cf., Mc 10, 17-28; Lc 16, 19-31).

Leituras do Domingo XXXIII Comum Ano A

1ª Leitura: Prov 31, 10-13 – Uma mulher de valor, quem a poderá encontrar? O seu preço é muito superior ao das pérolas. 11 O coração do marido nela confia e jamais lhe falta coisa alguma. 12 Ela proporciona-lhe o bem e nunca o mal, em todos os dias da sua vida. 13 Ela procura lã e linho e trabalha de boa vontade com as suas mãos.

 2ª Leitura: 1Tes 5, 1-6 – Acerca do tempo e da ocasião, irmãos, não precisais que vos escreva. 2 pois vós próprios sabeis perfeitamente que o dia do Senhor há-de chegar de noite, como um ladrão. 3 Quando disserem: «Paz e segurança», então se abaterá repentinamente sobre eles a ruína, como as dores de parto sobre a mulher grávida, e não poderão escapar. 4 Mas vós, irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão; 5 mas todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos nem da noite nem das trevas. 6 Não durmamos, pois, como os outros, mas vigiemos e sejamos sóbrios.

 Evangelho do XXXIII Domingo Comum: Mt 25, 14-30 – «Será também como um homem que, ao partir para fora, chamou os servos e confiou-lhes os seus bens. 15 A um deu cinco talentos, a outro dois e a outro um, a cada qual conforme a sua capacidade; e depois partiu. 16 Aquele que recebeu cinco talentos negociou com eles e ganhou outros cinco. 17 Da mesma forma, aquele que recebeu dois ganhou outros dois. 18 Mas, aquele que apenas recebeu um, foi fazer um buraco na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. 19 Passado muito tempo, voltou o senhor daqueles servos e pediu-lhes contas. 20 Aquele que tinha recebido cinco talentos aproximou-se e entregou-lhe outros cinco, dizendo: ‘Senhor, confiaste-me cinco talentos; aqui estão outros cinco que eu ganhei.’ 21 O Senhor disse-lhe: ‘Muito bem, servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor.’ 22 Veio, em seguida, o que tinha recebido dois talentos: ‘Senhor, disse ele, confiaste-me dois talentos; aqui estão outros dois que eu ganhei.’ 23 O senhor disse-lhe: ‘Muito bem, servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor.’ 24 Veio, finalmente, o que tinha recebido um só talento: ‘Senhor, disse ele, sempre te conheci como homem duro, que ceifas onde não semeaste e recolhes onde não espalhaste. 25 Por isso, com medo, fui esconder o teu talento na terra. Aqui está o que te pertence.’ 26 O senhor respondeu-lhe: ‘Servo mau e preguiçoso! Sabias que eu ceifo onde não semeei e recolho onde não espalhei. 27 Pois bem, devias ter levado o meu dinheiro aos banqueiros e, no meu regresso, teria levantado o meu dinheiro com juros.’ 28 ‘Tirai-lhe, pois, o talento, e dai-o ao que tem dez talentos. 29 Porque ao que tem será dado e terá em abundância; mas, ao que não tem, até o que tem lhe será tirado. 30 A esse servo inútil, lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.’»

Agenda da Vida Paroquial

. assembleia dos Leigos, sábado 25 de Novembro no Colégio S. Teresinha, 9H30-16H. Inscrições na paróquia

. Semana da Apresentação: 19 a 26 Novembro

Capela da Apresentação

 > Domingo, 19 – Novena e missa às 19H.

A catequese é 1h antes da novena.

 > 2ª feira, 20 a 6ª feira, 24 Novembro

Novena e Missa às 20H. Terço às 19H30.

 > Sábado, 25 – Véspera da Festa

Romagens às 15HNovena e Missa da Festa , 20H

 > Domingo, 26 – Missa da Festa às 15H.

Procissão e Bênção das crianças. (Convida-se os pais a levaram as crianças nesta celebração….)

  1. Não há festeiro. Há 1 pessoa que oferece a festa dentro da capela e o restante é feito pelo povo. Pede-se aos encarregados de recolherem as ofertas nos sítios a quem quiser colaborar! Obrigado pela atenção!

❸. SEMANA DA CONCEIÇÃO: 29 nOV. – 8 dEZEMBRO

Capela da avé Maria

29 Novembro a 2 Dezembro – Novena e Missa, 20H

3 Dezembro, Domingo – Novena e Missa, 19H

4 a 6 Dezembro – Novena Missa, 20H

7 Dezembro, 5ª feira – Véspera da Festa

18H – Romagem do Moreno

19H – Romagem do Caminho Chão

20H30 – Novena e Missa da Véspera

8 Dezembro, 6ª feira – Feriado e dia Santo

   Missa da Festa da Conceição e Procissão, 15H

 ❹. Passeio Paroquial no Carnaval, 10-16 Fevereiro de 2018 ao Sul de França: Toulouse, Carcassone, Montpellier, Nimes, Avignon, Aix-en-Provense, Marselha, Nice, Mónaco e Lyon. Inscrições na paróquia.  Viagem e estadia:  p/p.1.500,00€. Não inclui bebidas à refeição.

«Todos Santos…»

«Todos santos!...» O mês das almas como chamamos ao mês de novembro vem focar a nossa existência na centralidade do binómio vida/morte. Para nós crentes o «viver e morrer é em Cristo Jesus» e intensificamos esta espiritualidade ainda no apóstolo Paulo: «Não sou eu que...

read more

«Mês das Almas!…»

«Mês das Almas!...» Vivemos com plena alma missionária o mês de outubro, recordando os nossos missionários e entrámos nesta semana no mês de novembro com um forte apelo da Igreja à santidade. Logo no 1º dia com a celebração de "Todos os Santos - também aqueles sem...

read more

Outubro: Mês do Rosário e das Missões

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões!...» Continuamos a vivência do mês das Missões e da celebração do Centenário das Aparições da Virgem em Fátima aos três pastorinhos de Aljustrel: Lúcia, Francisco e Jacinta. A Virgem lança àquelas crianças um convite de...

read more

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões»

«Outubro: Mês do Rosário e das Missões!...» Entramos num mês rico e denso em significado humano e espiritual. Celebramos a Senhora do Rosário a 7 de outubro em que a oração do Terço e das Avé-Marias fez parte do rezar do povo cristão ao longo dos séculos. Continuamos...

read more

«Já sabe quando é o crisma?…»

«Já sabe quando é o Crisma!...» Finalmente temos hoje a resposta para a pergunta tantas vezes incomoda e inoportuna no sentido que sempre que a data me é comunicada, é transmitida aos interessados, que são os jovens do 10º ano, e sempre no 1º encontro que tenha com...

read more

“O número 2…”

«O número 2!…» Os passeios são sempre motivo de convívio, cultura, enriquecimento, partilha e também novidade. Há "estórias" que se ouvem e outras que se contam, marcando os momentos e até a vida, permanecendo no imaginário dos participantes. Assim, não resisto em...

read more

«Quem dizem os homens!…»

«Quem dizem os homens!…» O Evangelho deste domingo vem colocar-nos a questão da fé ou seja que cada um de nós se defina perante Deus. Logo questiona as nossas certezas e dúvidas como as seguranças, as aquisições, dados e direitos adquiridos. Bom seria se questionasse...

read more

Em agosto, haja festas!…

« Em agosto, haja festa!…» O mês de agosto é vivido entre nós numa festa contínua tendo em vista a profusão das festas que se realizam nas nossas paróquias e capelas, seja a cargo de festeiros ou do povo. Somos um povo festivo com muitas tradições religiosas e...

read more

«Os avós…»

« Os Avós…» Nesta semana celebrámos São Joaquim e Santa Ana, no dia 26 de julho, dia da morte de Santa Ana, que coincidiu com a dedicação da sua basílica em Constantinopla (atual Istambul - Turquia), conhecidos e tidos como avós do Menino Jesus. É verdade que os...

read more

As Férias

«As Férias…» Apesar de falarmos da problemática dos exames e suas épocas, não deixamos de sentir que as férias para a grande maioria dos estudantes já estão a acontecer e os intervenientes muito dificilmente mantém atitudes de estudo e trabalho. O calor do verão não...

read more