Pagina Inicial Ora Et Labora Horário Liturgico Projecto Pastoral Museu Casamento Baptismo Fotografias Historial
 
 
 
Menu Principal
Inicial
Historial
Horário Litúrgico
Ora et Labora
Actividades
Fotografias
Centro Social
Links Gerais
Paroquia da Ribeira Brava
Missa Nova
Museu
Casamentos
Baptismo
Horário da Catequese
Celebrações da Catequese
Projecto Pastoral
Oração da S- Bento
Quem está Em Linha
Estatísticas
Visitas: 233581
Contactos

Telf - 291 952 172
Fax - 291 957 958
Sugestões - paroquia_ribeirabrava
@netmadeira.com

Morada - Rua Comachos Nº20
9350-214 Ribeira Brava

 
Inicial
Descrição
Ora et Labora

Perda de tempo!...
Sabemos do muito esforço que as famílias, as comunidades e as paróquias realizam para a transmissão da Fé aos mais novos. São muitos meios que são postos à disposição e ao serviço destes. Penso em especial nas catequistas que semanalmente se deslocam para ensinarem a catequese: na Vila, na Apresentação e Ave Maria. Penso também na organização dos dez anos de catequese para o Crisma, ano em que completam este ciclo, passando a responsabilidade da formação cristã para o nível pessoal, visto que assume a vivência da fé cristã. Para quem desejar mais, há sempre ofertas formativas, mas isso parece ser coisa de "somenos e passa ao lado", mas não devia ser assim. Pede-se aos pais que assumam a sua responsabilidade de educadores da fé. A catequese na paróquia é uma colaboração não uma substituição dos pais. Aqui falta sempre tempo, mas ponha-se a mão na consciência se o melhor tempo não é o que passam com os filhos? Tudo depende como se ensina a estar juntos. O "crivo dos pais" é preponderante para a vivência dos valores humanos e cristãos. Saibam e queiram os pais viver este papel.
Num destes dias tive uma boa história de alguém que ia fazer a Primeira Comunhão e a Srª Catequista dizia: «Tens que vir à missa, não faz sentido fazeres a 1ª Comunhão se não vens à missa. - para quê, responde a criança - a minha mãe diz que ir à missa é uma perda de tempo! Estejam descansados que não foi na Ribeira Brava, desta vez foi nas Desertas que isto foi dito! Ó tempos, ó costumes que são estes de hoje, diria Catilina, onde estamos e para onde vamos? Será só por causa da festa que se faz uma 1ª comunhão, profissão de Fé ou crisma. Com esta crise, é melhor ficar quieto! Para quê gastar tanto em fatos só por uma hora (não estou a contar com o tempo das fotografias!)Talvez não seja perda de tempo, uma vez que estes momentos da Fé até são vistos como uma boa passerelle! Estarei a exagerar! Talvez. Não penso andar longe da realidade! Deus o sabe. Pedir coerência não é demais. Tudo faz parte da festa, mas tem o seu quê. Como pedir bons comportamentos e boas práticas aos mais novos se falta bom senso aos grandes? Deus nos ajude e nos acuda!

P.Trindade,scj

VIDA PAROQUIAL

1. VISITAS DO ESPÍRITO SANTO NA RIBEIRA BRAVA EM 2015

26 ABRIL - 3ª VISITA
CUZ BANDA ALÉM - TEM FESTEIRO
ESPIGÃO - TEM FESTEIRO - Missa às 19h30.
FAJÃ URTIGA - TEM FESTEIRA

03 MAIO - 4ª VISITA
TERÇA, MORENO, FAJÃ DAS FLORES - TEM FESTEIRA
LOMBO CESTEIRO - TEM FESTEIRA
FAJÃ DA RIBEIRA - TEM FESTEIRO

10 DE MAIO -5ª VISITA
MURTEIRA - TEM FESTEIRO
COVA E CAMINHO CHÃO - TEM FESTEIRO

17 MAIO - 6ª VISITA
MURO E MOINHOS - TEM FESTEIRO PARA 1 GRUPO.

24 MAIO - 7ª VISITA - PENTECOSTES
VILA - NÃO TEM FESTEIRO
CABOUCO, FONTE PINHEIRO, CRUZ E CALDEIRA - TEM FESTEIRA
POMAR DA ROCHA - TEM FESTEIRO(VENEZUELA)

31 MAIO - FURNA - TEM FESTEIRO

2. Semana das Vocações - Termina neste Domingo, mas o essencial continua. O Arciprestado da Ribeira Brava e Ponta do Sol promove uma Vigília pelas vocações na 6ª feira, dia 22 de Maio, pelas 20h30 na igreja da Ribeira Brava.

3. CONVIDA-SE a quem faz o IRS que ajude o Lar, indicando 0,5 do seu IRS, sem pagar mais por isso, ao Centro Social e Paroquial de São Bento da Ribeira Brava com NIF. 511 058 110. Basta preencher o quadrado indicado. Obrigado desde já!

4. Encontro de Pais de 1ª Comunhão, Profissão de Fé e Crisma no Domingo, 3 de Maio, após a missa das 10h. As catequistas da 1ª Comunhão, Profissão de Fé e Crisma têm encontro na 4ª feira, 29 Abril pelas 19h30 no Salão.

3. MESA DA PALAVRA

1ª Leitura: Act 4, 8-12 - Então Pedro, cheio do Espírito Santo, disse-lhes: «Chefes do povo e anciãos, 9 já que hoje somos interrogados sobre um benefício feito a um enfermo e sobre o modo como ele foi curado, 10 ficai sabendo todos vós e todo o povo de Israel: É em nome de Jesus Nazareno, que vós crucificastes e Deus ressuscitou dos mortos, é por Ele que este homem se apresenta curado diante de vós. 11 Ele é a pedra que vós, os construtores, desprezastes e que se transformou em pedra angular. 12 E não há salvação em nenhum outro, pois não há debaixo do céu qualquer outro nome, dado aos homens, que nos possa salvar.»

Salmo: Sl 117(118)- A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se pedra angular.

2ªLeitura: 1Jo 3,1-2 - Vede que amor tão grande o Pai nos concedeu, ao ponto de nos podermos chamar filhos de Deus; e, realmente, o somos! É por isso que o mundo não nos conhece, uma vez que o não conheceu a Ele. 2 Caríssimos, agora já somos filhos de Deus, mas não se manifestou ainda o que havemos de ser. O que sabemos é que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque o veremos como Ele é.

Evangelho: Jo 10, 11-18 - Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. 12 O mercenário, e o que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, vê vir o lobo e abandona as ovelhas e foge e o lobo arrebata-as e espanta-as, 13 porque é mercenário e não lhe importam as ovelhas. 14 Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem-me, 15 assim como o Pai me conhece e Eu conheço o Pai; e ofereço a minha vida pelas ovelhas. 16 Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil. Também a estas Eu preciso de trazer e hão-de ouvir a minha voz; e haverá um só rebanho, um só pastor. 17 É por isto que meu Pai me tem amor: por Eu oferecer a minha vida e por haver de retomá-la. 18 Ninguém ma tira, mas sou Eu que a ofereço livremente. Tenho poder de a oferecer e poder de a retomar. Tal é o encargo que recebi de meu Pai.»

→[No mês de Maio celebraremos o terço na igreja às 20h. Não há no fim de semana. Nas capelas pode-se também rezar o terço, combinando a hora com as pessoas que se encarregam de zelar pelos espaços..]