Pagina Inicial Ora Et Labora Horário Liturgico Projecto Pastoral Museu Casamento Baptismo Fotografias Historial
 
 
 
Menu Principal
Inicial
Historial
Horário Litúrgico
Ora et Labora
Actividades
Fotografias
Centro Social
Links Gerais
Paroquia da Ribeira Brava
Missa Nova
Museu
Casamentos
Baptismo
Horário da Catequese
Celebrações da Catequese
Projecto Pastoral
Oração da S- Bento
Quem está Em Linha
Estatísticas
Visitas: 210270
Contactos

Telf - 291 952 172
Fax - 291 957 958
Sugestões - paroquia_ribeirabrava
@netmadeira.com

Morada - Rua Comachos Nº20
9350-214 Ribeira Brava

 
Inicial
Descrição
Ora et Labora

Começos!...
O mês de Setembro traz sempre consigo uma panóplia de situações, actividades e diversas actuações, que necessitam de coragem e esperança, esforço e tenacidade, imaginação e inteligência para levar por diante esta "engrenagem da máquina" que somos nós, que são as famílias, as escolas, os trabalhos e os projectos. Trata-se do momento de delinear caminhos, definir estratégias e confiar que os resultados acabarão por chegar. Ajuda esta reflexão as palavras do Apóstolo Paulo: "Tende entre vós estes sentimentos, que estão em Cristo Jesus: não tendo cada um em mira os próprios interesses, mas todos e cada um os interesses dos outros" (2ª leitura). Assim será possível criar o mundo novo que todos queremos e sonhamos, quando somos capazes de sair dos nossos egoísmos. Certamente muito caminho está pela frente e muita acção o Evangelho tem para exercer nos cristãos.
Estamos a terminar as celebrações dos 500 anos da Diocese do Funchal que vivemos e preparamos ao longo do trieno de 2011 -2014. Lembramos as assembleias jubilares com incidência nos Barreiros e também o Congresso histórico dos 500 anos, cujas comunicações estarão acessíveis com a publicação das actas do congresso. É memória viva/operante que perspectiva o futuro com esperança. As dificuldades não desmoralizam, antes aguçam a responsabilidade e o engenho em busca de soluções. Passa por uma aposta na formação humana e espiritual. Aceitemos os desafios de estarmos em contínua renovação! Os dedos das mãos não são iguais como não são iguais os filhos. Cada um tem a sua singularidade e ritmos próprios. O Evangelho dá-nos uma boa lição, não só neste nível, mas sobretudo a nível de eternidade: "Um homem tinha dois filhos. Dirigindo-se ao primeiro, disse-lhe: 'Filho, vai hoje trabalhar na vinha.'… 'Não quero.' Mais tarde, porém, arrependeu-se e foi. … ao segundo, falou-lhe do mesmo modo: 'Vou sim, senhor.' Mas não foi…" Supõe-se igual educação com resposta diversa! É realidade da nossa humanidade! Só a graça de Deus nos pode transformar. Basta querer!
Pe. Trindade,scj


AO RITMO DA PALAVRA

1ªLeitura: Ez 18,25-28 - Porém, vós dizeis: 'O modo de proceder do Senhor não é justo.'Escutai, pois, casa de Israel: Então é o meu modo de agir que não é justo? Ou é o vosso que o não é ? Se o justo se afasta da sua justiça para praticar o mal e morre por causa disto, é por causa do mal que praticou que ele morrerá. Se o pecador se afasta do peca- do que cometeu para praticar o direito e a justiça, ele merece viver se ele se afasta dos pecados que cometeu, viverá certamente, não morrerá..

2ª Filp 2,1-11 - Se pode alguma coisa uma exortação em nome de Cristo, ou um conforto afectuoso, ou uma solidariedade no Espírito, ou algum afecto e compaixão, fazei com que seja completa a minha alegria: procurai ter os mesmos sentimentos, assumindo o mesmo amor, unidos numa só alma, tendo um só sentimento; nada façais por ambição, nada por vaidade; mas, com humildade, considerai os outros superiores a vós próprios, não tendo cada um em mira os próprios interesses, mas todos e cada um os interesses dos outros. Tende entre vós estes sentimentos, que estão em Cristo Jesus: Ele, que era de condição divina, não se considerou, como numa usurpação, igual a Deus, antes, se esvaziou a si mesmo, tomando a condição de servo. Tornando-se semelhante aos homens e sendo, ao manifestar-se, identificado como homem, rebaixou-se a si mesmo, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Por isso mesmo é que Deus o elevou acima de tudo e lhe concedeu o nome que está acima de todo o nome, para que, ao nome de Jesus, se dobre todo o joelho, o dos seres que estão no céu, na terra e debaixo da terra; e toda a língua proclame: "Jesus Cristo é o Senhor!", para glória de Deus Pai.

Evangelho: Mt 21, 28-32 - «Que vos parece? Um homem tinha dois filhos. Dirigindo-se ao primeiro, disse-lhe: 'Filho, vai hoje trabalhar na vinha.' Mas ele respondeu: 'Não quero.' Mais tarde, porém, arrependeu-se e foi. Dirigindo-se ao segundo, falou-lhe do mesmo modo e ele respondeu: 'Vou sim, senhor.' Mas não foi. Qual dos dois fez a vontade ao pai?» Responderam eles: «O primeiro.» Jesus disse-lhes: «Em verdade vos digo: Os cobradores de impostos e as meretrizes vão preceder-vos no Reino de Deus. João veio até vós, ensinando-vos o caminho da justiça, e não acreditastes nele; mas os cobradores de impostos e as meretrizes acreditaram nele. E vós, nem depois de verdes isto, vos arrependestes para acreditar nele.»

VIDA PAROQUIAL


1. CATEQUESE: Neste Domingo os pais e os jovens são vivamente convidados a participarem na reunião de apresentação dos catequistas e horários, logo após a missa das 10h. Pede-se também a presença dos catequistas dos vários centros de catequese da paróquia. A catequese recomeça com os grupos no dia 5 de Outubro, Dia do Compromisso dos Catequistas.

2. CATEQUISTAS novos ou não são precisos para o novo ano de catequese. Para já há urgência em mais duas boas vontades( temos grupos grandes…) Gostaria que mais alguém disponibilize do seu tempo para esta tarefa e missão: "Apoio aos Pais no ensino/transmissão da fé."

3. Catecismos para todos os anos estão à disposição na paróquia. Aquisição no horário normal de atendimento: 2ª a 6ª feira das 8h30 às 11h e sempre que esteja alguém noutras horas.

4.Grupo Coral retoma os ensaios às 6ª feiras à noite. "Quem canta reza duas vezes" (St. Agostinho). Estamos abertos a receber "novas e mais vozes!..."

5.BOMBEIROS DA RIBEIRA BRAVA estão a precisar da nossa ajuda. Uma forma concreta de ajudar são os particulares, as famílias e as empresas contribuírem com tinta para a manutenção do Quartel. Os donativos podem ser dados em tinta ou em dinheiro. Os donativos abatem nos impostos, fazem-nos sócios dos Bombeiros e dão descontos nos serviços dos Bombeiros aos ofertantes( espera-se não usar, mas na necessidade tudo vale). Para mais informações passar no Quartel. Ajudar a quem nos ajude é urgente! Pensem no assunto sff!