Pagina Inicial Ora Et Labora Horário Liturgico Projecto Pastoral Museu Casamento Baptismo Fotografias Historial
 
 
 
Menu Principal
Inicial
Historial
Horário Litúrgico
Ora et Labora
Actividades
Fotografias
Centro Social
Links Gerais
Paroquia da Ribeira Brava
Missa Nova
Museu
Casamentos
Baptismo
Horário da Catequese
Celebrações da Catequese
Projecto Pastoral
Oração da S- Bento
Quem está Em Linha
Estatísticas
Visitas: 235842
Contactos

Telf - 291 952 172
Fax - 291 957 958
Sugestões - paroquia_ribeirabrava
@netmadeira.com

Morada - Rua Comachos Nº20
9350-214 Ribeira Brava

 
Inicial
Descrição
Ora et Labora

«Menina, eu ainda cá estou!...»


É tradição vivida e sempre renovada a oração do terço no mês de Maio que assume um gosto especial entre as nossas gentes. É a presença da Mãe de Deus, que invocamos com o título, Senhora de Fátima, devido às aparições da Virgem em Fátima a três pastorinhos de Aljustrel: Lúcia, Francisco e Jacinta. De 13 de Maio a 13 de Outubro, a Senhora visitou por 6 meses os videntes, exceto em Agosto que foi no dia 19, por estarem na prisão de Aljustrel. É a Senhora da Mensagem que convida precisamente três crianças para transmitirem a Mensagem do Céu: Penitência, Conversão e Oração! Sabemos que os pastorinhos foram fiéis ao pedido da Senhora e aceitaram sofrer para que fosse operada a conversão dos pecadores. Deus sabe quem escolhe e confia a sua missão. As crianças não defraudam as expetativas e esperanças que nelas são depositadas. Quanto aos adultos vemos muitas vezes goradas as confianças.
A oração pode ser vivida em especial neste mês com a oração do terço: em família, nas capelas, igreja ou individualmente. Há mil e uma maneiras de corresponder ao pedido da Senhora de Fátima. Queiramos ser generosos, que para quem quer não falta ocasião. Aliás, relembro o lema de São Bento que une a oração ao trabalho: Ora et Labora! Logo estamos bem centrados no essencial da mensagem. A oração não nos deixa indiferentes e se tal acontece, perguntemo-nos se é mesmo, oração o que estamos a fazer, e o que estamos a rezar, de modo a não sermos estorvo aos mais débeis. Também as atitudes que nos parecem menos nobres, não podem e não servem de desculpa, para rezar, como se fossem os piores. Aqui não passa de desculpa esfarrapada! É sinal que há sempre quem não queira e anda de fora destas coisas e anda a apontar do dedo. Esquece que tem quatro a apontar para si.
Nestes dias ouvi uma bela história e tenho de contá-la. Um homem que trabalhava nos túneis como tantos outros, quando ia para o trabalho ia a rezar o terço e os outros todos faziam chacota dele. O nosso homem rezava sempre e nunca deixou de rezar por causa dos outros. Ao contar o que se passou dizia: «Menina! Eu ainda cá estou e os outros já foram todos!...» Bem rezava São Bernardi no séc. XII. « Nunca se ouviu dizer que algum daqueles que recorreram à vossa proteção, ó doce Virgem Maria fossem por vós desamparados!» Há histórias que não são da Corachinha e do João Ratão!...
P.Trindade,scj

VIDA PAROQUIAL

1. VISITAS DO ESPÍRITO SANTO NA RIBEIRA BRAVA EM 2015

03 MAIO - 4ª VISITA
TERÇA, MORENO, FAJÃ DAS FLORES - TEM FESTEIRA
LOMBO CESTEIRO - TEM FESTEIRA
FAJÃ DA RIBEIRA - TEM FESTEIRO

10 DE MAIO -5ª VISITA
MURTEIRA - TEM FESTEIRO
COVA E CAMINHO CHÃO - TEM FESTEIRO (ANGOLA)

17 MAIO - 6ª VISITA
MURO E MOINHOS - TEM FESTEIROS para os 2 GRUPOS

24 MAIO - 7ª VISITA - PENTECOSTES
VILA - NÃO TEM FESTEIRO
CABOUCO, FONTE PINHEIRO, CRUZ E CALDEIRA - TEM FESTEIRA
POMAR DA ROCHA - TEM FESTEIRO(VENEZUELA)

31 MAIO - FURNA - TEM FESTEIRO

1. O 9º Ano de Catequese tem a Festa das Obras de Misericórdia, neste Sábado, dia 2 de Maio na missa das 17h30.

2. Encontro de Pais de 1ª Comunhão, Profissão de Fé e Crisma no Domingo, 3 de Maio, após a missa das 10h. Parabéns às Mães neste dia.

3. Damos os parabéns ao Município da Ribeira Brava pelos 101 anos no dia 6 de Maio e esperamos bons augúrios!

4. Terça, 12 de Maio, a missa é às 20h seguida de procissão das Velas. Não há missa às 8h neste dia.

5. Às pessoas e/ou às famílias que queiram colaborar com flores para enfeitar o altar de Nª Sª de Fátima durante o mês de Maio, pede-se o favor de trazer para a igreja. A equipa do Alpendre encarrega-se de arranjar o altar de Nossa Senhora. Obrigado a todos.

6. No mês de Maio celebraremos o terço na igreja às 20h. Não há no fim de semana. Nas capelas pode-se também rezar o terço, combinando a hora com as pessoas que se encarregam de zelar pelos espaços!...

3. MESA DA PALAVRA

Evangelho Domingo V da Páscoa: Jo 15, 1-8 - «Eu sou mesmo a videira e o meu Pai é o agricultor. 2 Ele corta todo o ramo que não dá fruto em mim e poda o que dá fruto, para que dê mais fruto ainda. 3 Vós já estais purificados pela palavra que vos tenho anunciado. 4 Permanecei em mim, que Eu permaneço em vós. Tal como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, mas só permanecendo na videira, assim também acontecerá convosco, se não permanecerdes em mim. 5 Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em mim e Eu nele, esse dá muito fruto, pois, sem mim, nada podeis fazer. 6 Se alguém não permanece em mim, é lançado fora, como um ramo, e seca. Esses são apanhados e lançados ao fogo, e ardem. 7 Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e assim vos acontecerá. 8 Nisto se manifesta a glória do meu Pai: em que deis muito fruto e vos comporteis como discípulos meus.»

Evangelho VI Domingo da Páscoa: Jo 15, 9-17 - «Assim como o Pai me tem amor, assim Eu vos amo a vós. Permanecei no meu amor. 10 Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como Eu, que tenho guardado os mandamentos do meu Pai, também permaneço no seu amor. 11 Manifestei-vos estas coisas, para que esteja em vós a minha alegria, e a vossa alegria seja completa. 12 É este o meu mandamento: que vos ameis uns aos outros como Eu vos amei. 13 Ninguém tem mais amor do que quem dá a vida pelos seus amigos. 14 Vós sois meus amigos, se fizerdes o que Eu vos mando. 15 Já não vos chamo servos, visto que um servo não está ao corrente do que faz o seu senhor; mas a vós chamei-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi ao meu Pai. 16 Não fostes vós que me escolhestes; fui Eu que vos escolhi a vós e vos destinei a ir e a dar fruto, e fruto que permaneça; e assim, tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome Ele vo-lo concederá. 17 É isto o que vos mando: que vos ameis uns aos outros.»

→ VIGÍLIA ORAÇÃO VOCAÇÕES, 29 DE MAIO DE 2015, 20H30 NA IGREJA MATRIZ DA RIBEIRA BRAVA!